Sobre os Cânions

Alt text Cânion Fortaleza - Parque Nacional da Serra Geral (Foto: Cambará Online)

Antes de ir

Acesso aos cânions
Muita gente pensa que os cânions Itaimbezinho e Fortaleza têm acessos próximos e que é possível sair de um e entrar no outro. Mas, os acessos aos dois atrativos ficam em direções opostas. Se você estiver no centro de Cambará do Sul e desejar conhecer os dois cânions, no mesmo dia, terá que ir a um dos atrativos, depois retornar à cidade e se dirigir ao outro.

Tempo para visitar os cânions
Há pessoas que visitam os dois cânions no mesmo dia e é possível. Porém, para evitar o desgaste físico e aproveitar melhor o passeio sugerimos que reserve pelo menos um dia para conhecer cada cânion. Há várias trilhas a serem percorridas e muitos lugares exuberantes para serem desbravados.

Condições das estradas
As condições das estradas de acesso aos cânions são ruins. É comum ver carros pequenos percorrendo as estradas, porém é preciso saber que os acessos são de terra e pedregosos. É necessário trafegar bem devagar. Aqueles que não quiserem ir com o próprio carro têm a opção fazer o passeio com as agências, que oferecem transporte e guia. Para saber como estão as estradas que levam ao Itaimbezinho e ao Fortaleza faça contato com os parques ou com a secretaria de turismo.

Visibilidade
É comum a região apresentar o fenômeno da “viração”. Trata-se de uma densa neblina que cobre os cânions especialmente no verão. O fenômeno ocorre devido ao choque de correntes de ar frio e quente. Detalhe: Diferentemente da chuva, não é possível saber com antecedência como estará a visibilidade no dia seguinte. Também é possível que no centro da cidade tenha sol e os cânions estejam cobertos de neblina. Em algumas situações a neblina dissipa rapidamente e em outras pode durar horas.

Com ou sem guia
As trilhas, na parte de cima dos cânions Itaimbezinho e Fortaleza, podem ser feitas sem acompanhamento de guia, porém, antes de ir, aconselhamos que se procure orientações de como percorrê-las. Informe-se na Casa do Turista. A trilha do Rio do Boi, realizada na parte de baixo do Cânion Itaimbezinho (Parque Nacional Aparados da Serra), só pode ser feita com o acompanhamento de um guia credenciado. É necessário agendar antes e o número de visitantes é limitado. Na cidade há a Acontur (Associação dos Condutores de Turismo), que possui guias capacitados e credenciados para acompanhar os visitantes pelos cânions e demais atrativos. A contratação de um guia torna o passeio mais interessante e seguro.

Com ou sem agência de turismo
A cidade possui agências de turismo especializadas em organizar passeios aos cânions e a outros atrativos turísticos. O serviços incluem transporte, guia e a segurança de estar sendo acompanhado por empresas sérias e capacitadas para atender os visitantes.

Dias e horários de visitação
Fique atento aos dias e horários de visitação aos cânions. Clique aqui e acesse as informações necessárias.

Ingresso
O pagamento de ingresso é feito somente para conhecer o Itaimbezinho. É o único cânion que oferece infraestrutura de banheiros, salas de exposição e se vídeo e serviço de orientação ao turista. No Fortaleza a entrada é gratuita. Confira valores clicando aqui.