Parques e cânions

Alt text Cânion Itaimbezinho - Parque Nacional de Aparados da Serra (Foto: Cambará Online)

Cânion Itaimbezinho

Parque Nacional de Aparados da Serra

O Cânion Itaimbezinho é a grande estrela da região. É o cânion mais famoso e também um dos mais belos. Suas paredes medem 5,8 km de extensão, 720 metros de profundidade e 600 metros de largura. O nome é de origem tupi-guarani, alusivo aos índios, os primeiros habitantes do local, e significa “ita=pedra” e “aimbé=cortada, afiada”. Ou seja, pedra cortada ou pedra afiada. O Itaimbezinho fica no Parque Nacional de Aparados da Serra, unidade de preservação mantida pelo ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação e Biodiversidade) e criada em 1959.

As trilhas
No Itaimbezinho podem ser feitas três trilhas: duas na parte alta, onde fica a sede do Parque Nacional de Aparados da Serra, em Cambará do Sul (RS); e uma na parte de baixo, no interior do cânion, com entrada pelo município de Praia Grande (SC). Na parte alta, os visitantes podem percorrer a Trilha do Vértice (1,5 km) e a Trilha do Cotovelo (6 km). Os caminhos podem ser percorridos a pé ou de bicicleta. Para o passeio na parte alta do Cânion Itaimbezinho reserve um dia e para a Trilha do Rio do Boi outro dia.

Trilha do Vértice
Esta trilha possui 1,5 km de extensão. Em seu percurso há mirantes, passarelas e placas. Em seu primeiro mirante é possível ver a Cascata das Andorinhas, que possui uma queda de aproximadamente 300 metros de altura. Suas águas são formadas pelo Arroio Perdizes. No segundo mirante é possível ver a Cascata Véu da Noiva, com uma queda de 500 metros. Suas águas são formadas pelo Arroio Preá, que ajuda na formação do Rio do Boi. No terceiro mirante é possível ver as duas cascatas e o início do Cânion Itaimbezinho, que é em forma de vértice e dá origem ao nome da trilha.

Trilha do Cotovelo
Esta trilha possui 6 km de extensão. A maior parte do trajeto é percorrida por uma antiga estrada do parque e o restante do caminho é feito pela borda do Cânion. Chegando ao mirante é possível ver a imagem clássica dos paredões do Itaimbezinho, com o caminho do Rio do Boi no meio. Também é possível ver de pertinho as duas cascatas e uma terceira, chamada Seu Marçal.

Trilha do Rio do Boi
Esta é mais longa e também a mais difícil do Parque Nacional de Aparados da Serra. O acesso é por Praia Grande (SC) e só é possível fazê-la com o acompanhamento de um guia ou condutor credenciado no Parque Nacional de Aparados da Serra.  A caminhada é feita na parte de baixo do Cânion Itaimbezinho, no seu interior. São 8 km de trilha passando por dentro do rio. A caminhada dura de cinco a sete horas. No verão, o passeio possibilita banho de cachoeira e em piscinas naturais. Reserve um dia somente para este passeio.

Órgão responsável
ICMBio - Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, órgão vinculado ao Ministério do Meio Ambiente.

Dias e horários de visitação:
De terça a domingo - das 8h às 17h
Horário limite na Trilha do Cotovelo: Até às 15h
Horário limite na Trilha do Rio do Boi: Até às 13h
Feriados nacionais e datas especiais (Carnaval, Natal e Ano Novo): Aberto segunda-feira.

Distâncias:
Do centro de Cambará do Sul (RS): 18 km
Do centro de Praia Grande (SC): 23 km

Como chegar:
Via Rio Grande do Sul: Vindo pelo RS, acesse o trevo/rotatória para Cambará do Sul (na Rota do Sol / RS-020). Em Cambará do Sul, dobre à direita no Supermercado Pionner e percorra 18 km (estrada de terra) até a entrada do Parque.
Via Santa Catarina: Vindo de SC, pela BR 101, entre no acesso a São João do Sul e Praia Grande (SC). Percorra 21 km pela SC 290 até Praia Grande e 23 km (estrada de terra) até a entrada do Parque, subindo pela Serra do Faxinal (SC 290, depois RS 427).

Transporte público:
Existe uma linha de ônibus, Criciúma/SC a Caxias do Sul/RS, que passa na frente da guarita do Parque Nacional de Aparados a Serra por volta das 10h30. O  (saída diária às 7:30h das duas cidades, com alterações no sábado e domingo, consultar empresa União/São Marcos).

Ingresso / Estacionamento:
Turista brasileiro: R$ 8,00 (por pessoa).
Turista estrangeiro: R$ 15,00 (por pessoa).
Estacionamento: R$ 10,00 (ônibus),  R$ 5,00 (carros pequenos) e R$ 3,00 (motos).

Isenção no ingresso para:
Pessoas abaixo de 12 anos
Pessoas acima de 60 anos
Escolas que solicitarem o benefício, ao Parque, por meio de ofício enviado ao e-mail parnaaparadosdaserra@icmbio.gov.br.

Infraestrutura:
Centro de visitantes com exposição, auditório e banheiro público.

Guias / Condutores:
Na parte alta (Trilhas do Vértice e do Cotovelo): O acompanhamento de guia / condutor não é obrigatório, porém, para que o visitante realize um passeio mais seguro e atrativo sugerimos a contratação de um profissional.
Na parte baixa (Trilha do Rio do Boi): Para acessar esta trilha é obrigatório que o visitante contrate um guia / condutor credenciado.

Quem te leva:
Clique aqui e confira os contatos dos prestadores de serviços que indicamos para que você possa conhecer este e outros atrativos turísticos.

Importante:
É proibido acampar, acender fogueira, levar bichos de estimação e alimentar animais silvestres, como o graxaim e a gralha-azul.

Dicas:
Use roupas leves e confortáveis, assim como, tênis ou calçados apropriados para caminhadas.
Leve protetor solar e repelente.
Obtenha previamente informações sobre as condições da estrada de acesso ao Parque.

Contatos úteis:

Parques Nacionais de Aparados da Serra e da Serra Geral
Telefones: (54) 3251.1277 / (54) 3251.1262
Email: parnaaparadosdaserra@icmbio.gov.br
Twitter: http://twitter.com/PNAS_PNSG
Skype: pn.aparadosdaserra.serrageral

Casa do Turista
Telefone: (54) 3251.1320

Secretaria Municipal de Turismo
Telefone: (54) 3251.1557
Email: turismocambara@tca.com.br